Rússia lança primeiro foguete espacial pós-soviético Angara-A5

Editors Choice

3/recent/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list
Na Mira do Povo

Rússia lança primeiro foguete espacial pós-soviético Angara-A5


Lançamento ocorreu no Cosmódromo de Vostochny, no Extremo Oriente

Porto Velho, RO - A Rússia fez nesta quinta-feira (11) o lançamento de teste de seu foguete espacial Angara-A5 pela primeira vez a partir do Cosmódromo de Vostochny, no Extremo Oriente. Foi colocando com sucesso uma carga de teste em órbita baixa, como parte do esforço para desenvolver um novo veículo de lançamento pós-soviético.

O lançamento de teste do Angara-A5, o primeiro foguete espacial pós-soviético da Rússia, teve como objetivo ressaltar a ambição de Moscou de ser uma grande potência espacial e a crescente importância de Vostochny, situada nas florestas da região de Amur, no Extremo Oriente do país

Mas dois lançamentos do foguete Angara foram suspensos no último minuto, na terça (9) e na quarta-feira, devido ao mau funcionamento de um sistema de pressurização e, em seguida, a um problema com o sistema de controle de lançamento do motor.

Para alívio das autoridades espaciais russas, eles tiveram sorte pela terceira vez nesta quinta-feira, poucas horas antes de a Rússia comemorar o Dia do Cosmonauta, que marca a data em que, há 63 anos, Yuri Gagarin, da União Soviética, tornou-se o primeiro homem no espaço sideral.

"Houve uma partida do motor, o voo está normal", disse o controle da missão quando o foguete decolou para o espaço, atingindo mais de 25 mil quilômetros por hora em minutos.

"Os tanques de combustível se desprenderam, em seguida a seção central se soltou e uma carga de teste foi colocada em órbita", disse a agência espacial russa Roscosmos.

O foguete de três estágios de 54,5 metros, com massa de cerca de 773 toneladas, pode transportar cerca de 24,5 toneladas para o espaço, de acordo com o jornal Kommersant, da Rússia.

Fonte: Anastasia Teterevleva e Guy Faulconbridge - Repórteres da Reuters* - Moscou

Postar um comentário

0 Comentários