Prefeito em exercício determina auditoria em três secretarias por supostas práticas ilícitas em Vilhena

Ronildo Macedo, prefeito interino de Vilhena / Foto: Extra de Rondônia

Porto Velho, RO - Através do Memorando nº 1.038/2022 assinado nessa quarta-feira, 3, o prefeito em exercício, Ronildo Macedo (Podemos), determinou a realização de auditoria em três secretarias municipais por supostas práticas ilícitas em Vilhena.

As investigações fazem parte de denúncias recebidas pelo mandatário municipal e serão executadas na Semosp (Obras), Semagri (Agricultura) e Semus (Saúde).

Conforme o Memorando, a auditoria pretende esclarecer denúncias de supostos crimes administrativos em procedimentos sobre aquisição de combustível e peças de maquinários; aquisição de tratores, marmitas e pelas de maquinários, e convênios celebrados com os governos Federal e Estadual desde 2017.

Ao assumir o cargo de forma temporária, Macedo criticou duramente a “debandada” de titulares das principais pastas da prefeitura após a cassação e afastamento de Eduardo Japonês, sem aguardar o regular processo de transição, uma forma de prestar contas de todo que existe nas pastas, repassando informações e dados necessários ao exercício da função (leia mais AQUI).

Ao Extra de Rondônia, Macedo informou que todas as secretarias municipais passam pelo procedimento de auditoria e que crimes constatados serão imediatamente formalizados às autoridades competentes.

Fonte: Extra de Rondonia

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu