Polícia Militar age rápido e prende acusado de matar idosa e alvejar outras 3 pessoas

 



A Polícia Militar do 3ºBPM, com apoio de seu Núcleo de Inteligência (NI) e guarnições de serviço prenderam o acusado de praticar um homicídio e três tentativas de assassinato nesta noite de segunda-feira, 25 de Julho, em Vilhena/RO.

Após obterem as informações de que J. M. dos S., 43 anos, vulgo “Espicha“, teria sido o autor dos crimes de homicídio e tentativas de homicídio praticados nesta noite em Vilhena, policiais militares do Núcleo de Inteligência (NI) e das viaturas de plantão passaram a fazer buscas pelo suspeito.

Os militares então descobriram que o infrator havia se homiziado em uma residência localizada na rua Geralda Rodrigues Correia, próximo da avenida Brasil (30), no bairro Jardim Eldorado, em Vilhena.

No local, os militares localizaram a motocicleta Honda CG Titan de cor vermelha usada nos crimes, bem como, munições, sendo que J. foi preso em flagrante e confessou o assassinato e as tentativas.

Para a polícia, Espicha afirma que os crimes foram motivados por vingança, contudo, não afirmou ao certo sobre o que as vítimas lhe fizeram para ele cometer tais atos.

Ele disse ainda que a idosa não entrou na frente do filho e que ele a matou por que ele quis matar mesmo.

Além do acusado, outros três suspeitos, sendo que um deles pode ser o piloto da moto usada no crime.

Drogas foram apreendidas na casa de Espicha, bem como as munições e a motocicleta; porém, a arma não foi localizada e o acusado não revelou onde ela está escondida.



Espicha e o comparsa iniciaram os ataques nesta noite indo até uma residência localizada na rua Ivan Máximo Alves (844) esquina com a rua 913, no setor 08, bairro Alto Alegre, após descobrirem que ali estava O. J. G., 20 anos, de apelido “Rato” ou “Oscarzinho”.

No local, Espicha desceu atirando e efetuou vários disparos, atingindo um dos tiros no pescoço de “Rato” e após o crime, evadiram-se do local.

Após o primeiro atentado, Espicha teria retornado para casa e pegou mais munições, indo na sequencia até uma residência da avenida Brasil (30), onde invadiu o local e abriu fogo contra os moradores, sendo que seu alvo principal era “E.”.

Friamente, mesmo após a idosa E. F. G., de 67 anos, pedir para que ele não cometesse os crimes, Espicha apontou a arma na direção dela e efetuou um disparo em sua boca, tiro este, que perfurou a face e levou “dona Nice” ao óbito no local.

Na sequencia, Espicha efetuou disparos contra E. e sua irmã, fugindo na sequencia aos fatos, a bordo da motocicleta de sua propriedade.

Todos os casos estão sendo registrados na Unidade Integrada de segurança Pública (UNISP), sendo confirmado ainda, que espicha possui várias outras passagens por diversos homicídios e envolvimentos no tráfico de drogas e roubos.

A Polícia Civil deverá efetuar a prisão em flagrante delito do infrator e conduzi-lo ao presídio local, onde ele deve aguardar a audiência de custódia.

As investigações seguem sendo realizadas e a reportagem acompanha os casos.


Foto: Reprodução/News Rondônia

Fonte: rotapolicialnews

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu