Ferrari dita o ritmo nos treinos livres para o GP da França de F1

Porto Velho, RO - A Ferrari começou com força os treinamentos para o final de semana do Grande Prêmio da França de Fórmula 1, onde tentará uma terceira vitória consecutiva, com o piloto Carlos Sainz marcando o melhor tempo dia de treinos livres em Le Castellet, nesta sexta-feira (22), à frente de seu companheiro de equipe Charles Leclerc.

A escuderia italiana foi a mais rápida em ambas as sessões do dia, com Leclerc na primeira e Sainz na segunda. O espanhol irá perder pelo menos 10 postos no grid de largada para a corrida de domingo (24), já que excedeu a aplicação de componentes para a unidade de potência de seu carro.

O monegasco, vencedor da última corrida na Áustria, fez o melhor tempo, de 1min33s930, com pneus macios, no primeiro treino, à frente do líder do campeonato, Max Verstappen. Sainz, no entanto, marcou 1min32s527 na sessão da tarde.

Verstappen afirmou que a Red Bull equipe estava testando algumas coisas no carro, e que eles ainda não haviam conseguido o equilíbrio adequado. "Vamos buscar tudo para amanhã, e é claro, tentaremos estar mais próximos que hoje", disse o holandês.

A Ferrari ganhou a última corrida com Leclerc, após uma vitória de Sainz no Reino Unido. Verstappen tem 38 pontos de vantagem sobre Leclerc após 11 corridas, com um total de 22 etapas na temporada.

George Russell foi o quarto com a Mercedes em ambas as sessões, e seu companheiro de equipe, o heptacampeão mundial Lewis Hamilton, ficou de fora da sessão de abertura pela primeira vez para dar espaço ao piloto reserva e campeão da Fórmula E, Nyck de Vries. Durante a tarde, Hamilton ficou em quinto.

Por Alan Baldwin
Fonte: Agência Brasil

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu