Roubos e furtos aumentam 28,36% no primeiro quadrimestre de 2022 em Rondônia

 

Vídeo mostra policial penal perseguindo suspeitos de roubo em Porto Velho – Foto: Divulgação

Porto Velho, RO - Os casos de roubos e furtos tiveram aumento de 28,36% nos quatro primeiros meses do ano em Rondônia, segundo dados da Secretaria de Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec). De janeiro a abril de 2022 foram registradas 22.398 ocorrências de furto e roubo no estado, ante 17.450 casos ocorridos no mesmo período de 2021.

Segundo a Sesdec, o crime de furto lidera os registros neste ano. Foram 15.601 registros, enquanto outras 6.762 ocorrências são de roubos no primeiro quadrimestre de 2022.

Os dados apontam crescimento de 26% no crime de roubo com restrição de liberdade da vítima. Ao todo, 33 vítimas foram trancadas por suspeitos armados durante assaltos.

Ainda de acordo com o monitoramento da Sesdec, das mais de 22 mil ocorrências feitas no estado neste ano, 13.854 foram registradas em delegacias de Porto Velho – isso representa aumento de 36% em relação ao ano passado.

Já Ariquemes ultrapassou Ji-Paraná no ranking da violência, se tornando a segunda cidade com mais furtos e roubos do estado neste ano.

O que diz o estado

O governo de Rondônia diz estar investindo frequentemente na segurança pública do estado. Segundo a Sesdec, neste ano houve o “reaparelhamento de equipamentos e materiais das Polícias Militar e Civil, com investimento de mais de R$ 5,8 milhões do Fundo Estadual de Segurança Pública”.

A pasta diz que 20 mil aparatos policiais também foram entregues no ano passado para reforçar a Polícia Militar, entre equipamentos balísticos e armamentos.

O governo informou que recentemente revitalizou o prédio da antiga Sesdec para poder funcionar com estrutura de um Centro Integrado de Comando e Controle (CICC).

“As ações empregadas para melhorar a segurança pública em Rondônia refletem-se em resultados efetivos de combate à criminalidade. Em um comparativo no primeiro trimestre de 2021 com 2022, a quantidade de veículos recuperados aumentou 27% (767), aumentou também a quantidade de foragidos recapturados, neste primeiro trimestre foram 853 presos”, informou a Sesdec por nota.

Fonte: Diário da Amazônia

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu