Médico é afastado suspeito de cobrar R$ 20 de paciente em hospital público de Pimenta Bueno

O caso aconteceu no início da semana e o profissional acabou sendo afastado previamente por 30 dias

Porto Velho, RO - Um médico plantonista é afastado por suspeita de cobrar R$ 20 para transferir uma paciente de um hospital público de Pimenta Bueno (RO). O caso aconteceu no início da semana e o profissional acabou sendo afastado previamente por 30 dias.

Segundo a mãe, ela procurou o Hospital Municipal Ana Neta após a filha aparentar estar com o braço quebrado. O profissional suspeito atendeu a criança e solicitou um exame de raio-x que comprovou a fratura.

Com isso, a paciente precisava ser transferida para uma unidade pública para realizar um procedimento cirúrgico em Cacoal (RO). No entanto, o médico teria cobrado R$ 20 para fazer a transferência.

A polícia foi chamada no local e registrou um boletim de ocorrência, na última segunda-feira (30). Depois dos acontecimentos, a Prefeitura de Pimenta Bueno informou que abriu um procedimento administrativo para apurar os fatos e optou por afastar o médico por 30 dias, até que a investigação seja concluída.

A criança só conseguiu ser transferida para Cacoal 24 horas depois de dar entrada no Hospital Ana Neta. Segundo a família, ela passou por uma cirurgia ortopédica e está internada, mas se recupera bem.

O caso segue sendo investigado pela polícia e pela Prefeitura de Pimenta Bueno.

Fonte: Diário da Amazônia

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu