Lucio Mosquini destaca sua luta em prol de abertura de novo corredor comercial para importação da ureia boliviana

Foto: divulgação

Porto Velho, RO - O deputado federal Lucio Mosquini vice-líder do presidente Jair Bolsonaro na Câmara Federal defendeu a importação da ureia boliviana durante sessão na Comissão de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural da Câmara Federal.

Mosquini Lembrou a sua luta de vários anos pela importação da ureia boliviana, que é um dos fertilizantes mais populares, e que também teve seu preço elevado, devido à alta dos preços que afetou todo mundo, neste ano.

O fertilizante tem alta eficiência para aumentar a produtividade das lavouras, e é fabricado aqui ao lado do Brasil, no país vizinho Bolívia.

“Hoje nós pagamos cerca de R$ 900 dólares a tonelada da ureia, lá na Bolívia compra-se a mesa ureia a R$ 400 dólares a tonelada, nós estamos a 800 Km de uma das maiores jazidas de ureia do mundo”, lembrou Mosquini.

A Bolívia detém o gás natural rico em metano, etano, propano, butano e outros compostos. O gás natural é o principal insumo na produção dos fertilizantes nitrogenados e o maior componente do seu custo produtivo, representando entre 70% e 75% no caso da ureia.

O deputado Federal Lucio Mosquini chama a atenção para a proximidade da Bolívia com estado de Rondônia e disse que estamos dependendo da Receita Federal para fazer o alfandegamento de uma balsa, que seria a abertura de um novo corredor comercial, através do município de Costa Marques e a Bolívia.

“Tenho lutado muito ao lado do deputado estadual Lebrão e o prefeito Mirandão pela implantação da balsa no município de Costa Marques. Vamos alavancar a economia da região da BR 429 e todo Estado”.

Mosquini disse que no próximo dia 10 de junho, estará na Bolívia reunido com presidente boliviano, tratando sobre a legalização da travessia e alfandegamento do lado boliviano.

“Quando nós conseguirmos o alfandegamento tanto do lado do Brasil, quanto do lado da Bolívia, acredito que teremos uma verdadeira revolução no preço da ureia principalmente no norte do Brasil”, finalizou o Deputado.

Fonte: Assessoria

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu