Justiça penhora automóveis e taças de Fittipaldi

© Foto: Reprodução/Facebook Fittipaldi, Justiça de SP penhora automóveis e taças de Fittipaldi

Porto Velho, RO - A Justiça de São Paulo, por meio da juíza Fabiana Marini, determinou a penhora de bens do ex-piloto Emerson Fittipaldi. O processo foi movido pela Sax Logística de Shows e Eventos.

Segundo divulgado pelo Rogério Gentile, colunista do Uol, o valor da dívida com juros é avaliado em R$ 416 mil. O motivo foi um contrato de serviço para uma competição que Fittipaldi promoveu em 2012, a chamada “6 horas de São Paulo”.

No processo, a juíza determinou a penhora de bens que estão em um imóvel localizado na Avenida Rebouças, em São Paulo, sede da empresa de Fittipaldi que realizou o evento, até que se alcance o valor da dívida. Lá estão carros e troféus.

Ainda de acordo com o colunista, os advogados do ex-piloto contestaram a penhora e afirmam que ele não é o proprietário dos bens que estão no local. Os bens pertenceriam ao Museu Fittipaldi, criado em 2003 para “compor o patrimônio cultural e esportivo do país”.

A Sax Logística, por sua vez, declarou à Justiça que as alegações da defesa de Fittipaldi são uma manobra do ex-piloto para ocultar seus bens e fraudar credores.

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu