Corpos das vítimas assassinadas na área rural de Vilhena são transladados para Cacoal

 



As vítimas mortas a tiros de espingarda calibre 22 neste domingo, 12, na linha Chafaris, aproximadamente 30 quilômetros de Vilhena, sentido Juína, foram identificadas pela Polícia Civil.

Trata-se de M.G. dos S., de 35 anos e E. J. M. B., de 30 anos.

As vítimas eram oriundas da cidade de Cacoal, e estavam trabalhando numa fazenda na região onde aconteceu o crime.

O autor foi preso em flagrante e identificado pelas iniciais G.O.R., de 22 anos. Ele é oriundo do Mato Grosso e estava morando com seu pai num sítio nas proximidades onde aconteceu o fato. O suspeito trabalhava junto com as vítimas na construção de cercas numa fazenda.

A Polícia Civil investiga a motivação do crime, mas já sabe que o autor agiu de forma cruel, não dando chances de defesa para as vítimas. Após assassinar os “colegas” o suspeito teria filmado os corpos e enviado imagens para sua mãe que mora no Mato Grosso.

Após passar por necropsia, os corpos foram transladados para Cacoal pela funerária Vilhena, onde serão velados e sepultados.


Foto: Reprodução/News Rondônia

Fonte: extraderondonia

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu