Cacoal registra mais um caso de leishmaniose

Imagem ilustrativa (Leishmaniose)

Porto Velho, RO - Os casos de Leishmaniose na região de Cacoal, vem aumentando consideravelmente. O local mais atingido pela doença é a região chacareira, de uma zona conhecida como setor prosperidade.

Somente nesse local, mais de 15 casos em Cães e uma pessoa foi confirmado esse ano.

Hoje pela manhã, uma equipe da Vigilância em Saúde Ambiental da cidade buscou o que pode ser o segundo paciente daquela região. Esse paciente estava com feridas semelhantes com o diagnóstico da doença a alguns meses. Mas só buscou ajuda após perceber que não se tratava de um ferimento comum.

O homem fez o procedimento de teste por PCR (reação em cadeia da polimerase). Que avalia o DNA da pele ferida do paciente para descobrir a presença da Leishmania.

EPICENTRO DA DOENÇA

Essa região que vive esse paciente, fica pouco mais do que 5 quilometros do Centro de Cacoal. Ela já está sendo monitorada pela Vigilância em Saúde Ambiental da cidade e já foram vistoriadas 39 casas nesse setor chacareiro. Lá, 15 cães já foram infectados com a doença. 10 deles foram sacrificados por Eutanásia (Morte sem sofrimento), os donos dos outros 5 animais decidiram continuar com eles.

Caso o exame do paciente tenha resultado positivo, o número de casos nesse setor sobe para 2 humanos. O monitoramento continua nessa região e informações novas o leitor terá acesso por aqui, o Extra de Rondônia.

leishmaniose em animais/Foto: Reprodução

Setor prosperidade ao lado do rio Machado/Foto: Reprodução

Fonte: Extra de Rondonia

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu