Bento Albuquerque diz que Petrobras está “errando muito”

Bento Albuquerque foi demitido do cargo em maio no reajuste anterior de preços promovido pela PetrobrasEx-ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, durante cerimônia em Brasília22/02/2022 REUTERS/Adriano Machado

Porto Velho, RO - O ex-ministro de Minas e Energia, almirante Bento Albuquerque, criticou o reajuste de preços dos combustíveis promovido pela Petrobras nesta sexta-feira (17). O almirante foi o responsável pela indicação do atual presidente da Petrobras, José Mauro Coelho, quando estava no governo.

“A Petrobras está errando muito por falta de sensibilidade com o momento atual, quando o governo e o Congresso estão procurando adotar medidas para mitigar os impactos da crise energética global na nossa economia”, disse Albuquerque à CNN.

“Todos têm que fazer a sua parte procurando contribuir e buscar soluções dentro das possibilidades de cada instituição”, completou, referindo-se ao projeto de lei aprovado pelo Congresso para reduzir o ICMS dos combustíveis. Segundo ele, é preciso esperar a medida fazer efeito.

Questionado se Coelho deveria se demitir como foi sugerido pelo presidente da Câmara, Arthur Lira, Albuquerque respondeu que “a sucessão deve ocorrer da forma mais rápida possível, mas que é preciso observar a governança da empresa”.

Albuquerque foi demitido do cargo em maio no reajuste anterior de preços promovido pela Petrobras.

Fonte: Raquel Landim da CNN

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu