Após denúncia do MP, Justiça condena um dos acusados por assassinato de farmacêutico em Ariquemes

Justiça decide / Foto: ilustrativa

Porto Velho, RO - Em sessão do Tribunal do Júri realizada na sexta-feira (3), um dos homens acusados pela morte de um farmacêutico de Ariquemes foi condenado a 26 anos de prisão.

As investigações levaram ao indiciamento do acusado, que foi denunciado pela Promotoria de Ariquemes por homicídio, com as qualificadoras de motivo torpe, meio cruel e recurso que impossibilitou a defesa da vítima. Todas as acusações foram acatadas pelo conselho de sentença.

O acusado, de 36 anos, encontra-se foragido. De acordo com a Promotora de Justiça, Dinalva Souza de Oliveira, que atuou no Júri, as investigações apontaram o envolvimento de outras duas pessoas, sendo que uma delas foi identificada e presa e tem seu julgamento previsto para novembro deste ano.

O CRIME

O farmacêutico foi assassinado no dia 12 de novembro de 2019, após uma discussão. Ele estava com seus assassinos num espaço conhecido como “antigo prédio da Sucam”. Foi atingido por golpes de instrumento cortante, que lhe provocaram lesões descritas no laudo de exame tanatoscópico.

Fonte: Assessoria

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu