Agência americana autoriza aplicação de vacina contra Covid em bebês de 6 meses nos EUA

Uma enfermeira segura um frasco da vacina da Pfizer-BioNTech contra a Covid-19 no Guy's Hospital, em Londres. — Foto: ASSOCIATED PRESS

Porto Velho, RO - A Administração Federal para Drogas e Alimentos dos Estados Unidos (FDA), agência de saúde americana equivalente à Anvisa, autorizou nesta sexta-feira (17) que bebês a partir de 6 meses tomem as vacinas da Moderna e da Pfizer contra a Covid-19.

A aprovação agora segue para o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), que discutirá os dados dos testes clínicos entre hoje e sábado (18). Se houver a liberação, a imunização começará já na semana que vem nos EUA, segundo a agência de notícias AFP.

Pelos critérios da FDA:

as três doses fabricadas pela Pfizer podem ser aplicadas em crianças de 6 meses a 4 anos;
e as duas da Moderna, em americanos de 6 meses a 5 anos.

Assim como no Brasil, crianças menores de 5 anos ainda não foram vacinadas nos Estados Unidos.

'Proteção contra casos graves'

Dr. Robert M. Califf, comissário da FDA, disse em um comunicado que, "como vimos com grupos etários mais velhos, esperamos que as vacinas para crianças mais novas forneçam proteção contra os resultados mais graves do Covid-19 , com hospitalização e óbito”.

Nos Estados Unidos, há uma forte resistência na imunização de crianças de 5 a 11 anos: menos de 40% tomaram a primeira dose. No Brasil, mais de 80% delas estão com o esquema vacinal completo. (veja o vídeo abaixo).

83,51% dos brasileiros com 5 anos ou mais receberam 2 doses ou a vacina de dose única contra a Covid

Fonte: G1

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu