Pré-candidato ao governo, Léo Moraes tem reafirmado a parceria com o PP para apoiar a postulação da deputada federal Jaqueline Cassol ao Senado



Porto Velho - RO, O pré-candidato ao governo pelo Podemos, deputado federal Léo Moraes intensificou na semana passada os contatos da pré-campanha, ampliando a base de aliados e as conversas sobre seu projeto para uma nova Rondônia. Na quinta-feira (12) Léo Moraes esteve em Ariquemes para prestigiar o lançamento da pré-candidatura a deputado federal do vereador “Rafael é o Fera”, uma liderança emergente que tem se destacada pela postura firme em defesa da correta aplicação de recursos.

Participaram do evento lideranças políticas, comerciais, industriais, representantes do agronegócio, enfim foi uma congregação de forças comprometidas com um projeto comum de desenvolvimento. Tinha até representantes da região da BR-429, já no Vale do Guaporé. O ex-prefeito de Ouro Preto e ex-deputado federal Carlos Magno foi um dos destaques do encontro, juntamente com o deputado estadual Alan Queiroz.

Um ponto em comum entre as pessoas que discursaram, é o descaso do governo estadual com a saúde, principalmente depois que o gestor estadual deixou ser devolvido um recurso que seria investido na construção de um hospital regional para atender todo o Vale do Anari. “Esse que está aí é um governo não vê as carências da população”, avaliou Léo Moraes.

Além de Ariquemes, Léo Moraes esteve também em Alto Paraíso, onde se reuniu com vereadores e lideranças de vários segmentos profissionais, comunitários e produtivos. Em suas andanças, Léo Moraes tem aproveitado para destacar a parceria com o PP, para apoiar a pré-candidatura da deputada federal Jaqueline Cassol ao Senado.

“Temos uma parceria que não é de agora, que já vem de tempos atrás e que vamos levar até as eleições. Enquanto estou numa região do Estado levando nossa mensagem, aproveitamos para falar da nossa candidata ao Senado e vice-versa ela com relação a mim”, observou o pré-candidato.

“Para ser governador é preciso ter disposição e principalmente, vontade de servir, não de ser servido. Eu estou muito à vontade em propor uma pré-candidatura ao governo. Eu me preparei muito, eu estudei muito para um dia me colocar neste papel. Vivenciei as agruras, os problemas e os anseios da população para estar aqui hoje”, destacou o pré-candidato ao governo.

“Do outro lado tem dinheiro, moeda para cooptação. Aqui tem disposição e trabalho”, disse numa referência à forma com que a máquina do Estado vem sendo usada. “Enquanto lá tem dinheiro, aqui temos amigos. Essa campanha vai ser com sebo nas canelas e muita sola de sapato”, convocou Léo Moraes, sempre muito aplaudido.

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu