MC Kevin: Um ano após morte do cantor, caso é marcado por indefinições na justiça e dor de familiares

Reaberto a pedido da família, inquérito que apura circunstâncias da morte do funkeiro está nas mãos do Ministério Público do Rio de Janeiro, que ainda não se manifestou

Porto Velho, RO - A morte do funkeiro Kevin Nascimento Bueno, o MC Kevin, aos 23 anos, segue marcada por indefinições na justiça após um ano do dia em que ele caiu da varanda de um quarto no quinto andar de um hotel, na Barra da Tijuca, zona Oeste do Rio. Seis meses após o ocorrido, o delegado Leandro Gontijo, titular da 16ª Delegacia de Polícia (Barra), pediu o arquivamento do caso.

Na época, Gontijo afirmou que o laudo da perícia do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) confirmou que o funkeiro sofreu uma queda acidental, e que não havia indícios de brigas, ações violentas e crimes no caso. A família do cantor, porém, pediu a reabertura do inquérito e o pedido foi acatado pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que devolveu o caso para o Ministério Público do estado.

Ao GLOBO, na tarde desta segunda-feira (16), a coordenadoria de comunicação do MPRJ afirmou por nota que "a 1ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal Territorial da área Zona Sul e Barra da Tijuca informa que o caso está em análise, não tendo mais detalhes no momento".

Enquanto a justiça não dá um desfecho para o caso, a família de Kevin segue em busca de respostas sobre aquele 16 de maio que terminou em tragédia na suíte 502 do hotel à beira-mar na Barra. Valquíria Nascimento, mãe e empresária do artista, foi às redes sociais prestar homenagem ao filho pela data. "Os dias aqui sem você tem sido longos é difíceis, mais choro do que sorriso.

Coração partido. Hoje, se eu tivesse o direito do gênio da lâmpada, eu faria o seguinte pedido: traz o Kevin Nascimento Bueno de volta. Ou se pudesse pedir a Deus: 'me leva senhor, mas deixa ele aqui'. Mas não tive escolha, tive que ficar sem você", escreveu Valquíria no Instagram.

Valquíria Nascimento e o filho, MC Kevin: 'Não tive escolha, tive que ficar sem você' — Foto: Reprodução

Ellen Bueno, irmã mais nova do cantor, também postou uma série de stories no Instagram em homenagem ao irmão. "Perder alguém que amamos dói demais. Precisamos reaprender a viver sem a pessoa ao nosso lado, sem seu abraço, sua presença e sua alegria. É difícil lidar com a saudade e conforme os dias passam, ela só aumenta", escreveu a influenciadora em uma das postagens.

Relembre o que aconteceu

No dia 16 de maio de 2021, depois de passar a tarde em um quiosque na Praia da Barra bebendo com amigos, MC Kevin subiu para o quarto no hotel onde estava hospedado na companhia de uma acompanhante, a modelo Bianca Dominguez. Sua então esposa, Deolane Bezerra, também estava hospedada no mesmo hotel.

Em algum momento, segundo testemunhas, preocupado com a possibilidade de Deolane entrar no quarto onde estava, Kevin tentou pular para a varanda de outro quarto do mesmo andar, mas se desequilibrou e caiu de uma altura de 18 metros. A queda aconteceu por volta das 19h. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

Fonte: O Globo

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu