Como parte do Movimento Maio Amarelo, Detran Rondônia promove nesta terça-feira uma motociata, em Porto Velho


O Departamento Estadual de Trânsito – Detran Rondônia, por meio da Diretoria Técnica de Educação de Trânsito – Dtet, vai realizar uma motociata nesta terça-feira (10) em Porto Velho. A concentração será às 8h na Praça das Três Caixas D’Água. A atividade faz parte das ações educativas do Movimento Maio Amarelo, que tem como objetivo colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar o poder público e a sociedade de modo geral para debater o assunto em busca de um trânsito mais seguro e humanizado para todos.

A motociata fará o seguinte percurso: Avenidas Carlos Gomes, Farquar, Sete de Setembro até a Rua Elias Gorayeb, depois segue pelas Avenidas Duque de Caxias, Farquar até Rua Padre Chiquinho, em seguia percorre pela Avenida Presidente Dutra, Rua Pio XII e retorna à Avenida Farquar, até a Praça Aluísio Ferreira, para o encerramento da atividade educativa.

O diretor-geral do Detran Rondônia, Paulo Higo Ferreira de Almeida, destaca a importância do Movimento Maio Amarelo e da participação dos parceiros da iniciativa pública e privada, e da sociedade nesse processo de conscientização e mudança de postura no trânsito. “Tendo os motociclistas como as maiores vítimas de trânsito, a motociata tem o objetivo de chamar a atenção da população portovelhense quanto à necessidade de trafegar com segurança, respeitando a sinalização, velocidade e uso de itens de segurança corretamente, como o capacete bem afivelado e calçado apropriado para a condução da moto”, ressaltou.

O coordenador da ação, o diretor da Dtet, Ruymar Pereira de Lima, comenta que a motociata terá a participação de parceiros estaduais e municipais ligados à segurança pública e trânsito. “Queremos mobilizar os motociclistas e toda sociedade para ter mais consciência no trânsito, respeitando a legislação. A imprudência no trânsito tem provocado muitos acidentes; o número de motociclistas envolvidos em sinistros de trânsito é muito considerável, isso quando não perdem a vida, passam meses em tratamento e muitos ficam sequelados. É uma grande problemática social”.

O diretor-geral da autarquia enfatiza que o trabalho de Educação de Trânsito e de Fiscalização realizado pelo Detran Rondônia, são fundamentais para a redução de acidentes. “Juntos salvamos vidas”, destacou Paulo Higo.


Texto: Jarlana Davy
Fotos: Eleni Caetano e Daiane Mendonça
Secom - Governo de Rondônia

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu