ASSALTO E TIROTEIO: Criminoso morto após troca de tiros com sargento estava foragido

Foto: Rondoniaovivo

Porto Velho, RO - Após pesquisa nominal, a Polícia Militar verificou que M. Y. F. N., 24, estava foragido da Justiça.

O criminoso junto com comparsas ainda não identificados trocaram tiros com o sargento da Polícia Militar de Rondônia, J. E. M., 57. O militar era da reserva remunerada da PM.

Sargento Jorge e o criminoso acabaram morrendo no tiroteio. Segundo a polícia, o sargento fazia a segurança de um funcionário da empresa Dydyo que iria fazer um depósito bancário.

A princípio a notícia era de que no malote roubado havia a quantia de R$ 48 mil, mas os policiais receberam outra informação posteriormente de que os ladrões levaram R$ 28 mil da empresa.

O criminoso morto estava foragido da Colônia Agrícola Penal de Porto Velho. Matheus Yuri e os comparsas usavam coletes balísticos, luvas e toucas balaclava.

Testemunhas disseram que no colete de um deles estava escrito PRF (Polícia Rodoviária Federal ). Os bandidos que sobreviveram ao tiroteio fugiram em um carro modelo Celta de cor preta.

A empresa Dydyo emitiu nota se solidarizando com a morte do policial e informou que não é prática dela fazer transporte de valores em veículos próprios.

Confira a nota

A Empresa INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE BEBIDAS MDM LTDA (Refrigerantes Dydyo) foi vítima de assalto ocorrido na manhã desta segunda-feira (09/05/2022) na av. Raimundo Cantuária, próximo a av. Rio Madeira, realizada por elementos fortemente armados.

A Empresa por intermédio de seus gestores está em comunicação direta com a polícia para que sejam esclarecidos os fatos e punidos os
responsáveis. Esclarece, por oportuno, que não é prática cotidiana o transporte de valores em veículos próprios, o que ocorre eventualmente,
considerando os sistemas bancários digitais disponibilizados para operações financeiras.

A Empresa lamenta e se solidariza com a família do Sr. Jorge Ednelson Mendes, Sargento da Reserva da Polícia Militar do Estado de Rondônia, vítima da ação criminosa ocorrida, e também com os valorosos policiais militares que diariamente colocam suas vidas em risco pela segurança e bem-estar da população.

A Empresa aguarda a apuração que vem sendo realizada pelos órgãos de segurança pública para que seja possível prestar maiores esclarecimento a respeito do ocorrido.

Fonte: Rondoniaovivo

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu