Armadilha do amor: usuário de app de namoro é sequestrado e torturado

Reprodução

Um homem, de 35 anos, foi sequestrado e torturado após cair em um golpe num aplicativo de namoro, na zona oeste de São Paulo, na terça-feira (8/3). A vítima foi resgatada com vida pela polícia depois de uma denúncia anônima.


Após marcar um encontro com uma mulher que, supostamente, chamava-se Sabrina, um funcionário público foi surpreendido por quatro criminosos em um Golf cinza, no bairro Butantã, que o levaram ao cativeiro.


Cativeiro fica na zona oeste de São PauloReprodução


Vítima alega tortura física e psicológica por quase 24hReprodução


Homem, de 35 anos, foi vítima de golpe em aplicativo na cidade de São PauloReprodução



Cativeiro fica na zona oeste de São PauloReprodução


O homem foi mantido em cativeiro e agredido física e psicologicamente por quase 24 horas. A vítima foi encontrada por agentes da Polícia Militar que patrulhavam a região e obtiveram denúncia anônima sobre a situação.

Durante o sequestro, os criminosos exigiram a entrega dos cartões e das senhas da vítima para que fossem feitos saques. Ao todo, o usuário do aplicativo de namoro perdeu R$ 66 mil. No cativeiro, foram encontrados seis telefones celulares, assim como uma carteira de trabalho e munição.



“Eles dão uma água, abraçam, dão beijo na testa, [falam] ‘fica calmo, não vai acontecer nada! A gente só quer o dinheiro’. Aí, [depois] vinham para porrada, para humilhação, [ameaça de] cortar dedo, ‘a gente sabe onde seus pais moram, estamos com a foto do seu sobrinho no celular’. [Começaram a falar da] minha ex-namorada… Cheguei a falar, ‘cara, me mata, mas deixa os outros, eles não têm nada com isso’”, contou a vítima ao Balanço Geral, do Record TV.

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu