Header Ads

Terceira fase do Plano Nacional de Imunização segue novas orientações do Ministério da Saúde


A Prefeitura de Porto Velho, seguindo o Plano Nacional de Imunização (PNI), segue com a vacinação de pessoas com comorbidades. O atendimento cumpre orientações da nota técnica 467/2021, do Ministério da Saúde (MS), que subdivide este grupo em duas partes. A parte um deste segmento está sendo atendida nesta fase de imunização.

O processo de vacinação é coordenado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa). A nota técnica do MS informa que são atendidas nesta fase o seguinte grupo:

- Pessoas com Síndrome de Down, a partir de 18 ano de idade;
- Pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise), a partir de 18 anos;
- Gestantes e puérperas com comorbidades, a partir de 18 anos;
- Pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos;
- Pessoas com Deficiência Permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) de 55 a 59 anos.


PROVA

Conforme o Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra a Covid-19 (PNO), as condições de comorbidades devem ser comprovadas por meio de exames, receitas, relatório médico e prescrição médica.

Segundo o MS, poderão ser utilizados adicionalmente os cadastros já existentes dentro das Unidades de Saúde.

Informa ainda a nota técnica que, no caso de gestantes e puérperas, o MS recomenda que deve ser respeitado o intervalo de 14 dias entre a administração da vacina influenza ou outra vacina do calendário de vacinação da gestante/puérpera e a vacina da Covid-19.

SEGUNDA PARTE

Pela nota técnica, a segunda parte da terceira fase do PNI vai contemplar proporcionalmente e em ordem decrescente de idade:

- Pessoas com comorbidades – Serão contempladas as faixas etárias de 50 a 54 anos, 45 a 49 anos, 40 a 44 anos, 30 a 39 anos e 18 a 29 anos, convocados gradativamente conforme cobertura vacinal das idades anteriores.

- Pessoas com Deficiência Permanente cadastradas no BPC - Serão contempladas as faixas etárias de 50 a 54 anos, 45 a 49 anos, 40 a 44 anos, 30 a 39 anos e 18 a 29 anos, convocados gradativamente conforme cobertura vacinal das idades anteriores.

- Gestantes e puérperas independente de condições pré-existentes acima de 18 anos.

Por conta da baixa procura, a Divisão de Imunização da Semusa, antecipou a vacinação do público de gestantes e puérperas independente da condição pré-existente para a primeira parte da vacinação.

Segundo Elizeth Gomes, gerente da divisão, esse público está sendo atendido com as doses da Pfizer, como foi recomendado. “O Ministério da Saúde suspendeu a aplicação da vacina AstraZeneca nas gestantes e puérperas. Em Porto Velho, usamos apenas a Pfizer, então seguimos normalmente com a vacinação desse público”, explica.

Nesta quarta-feira (12), o atendimento segue normalmente para gestantes e puérperas com ou sem comorbidades. A partir de quinta-feira (13), seguindo a recomendação do MS, a vacinação será destinada apenas a este público com comorbidades, utilizando a vacina da Pfizer.

Nesse público, o número de pessoas vacinadas se aproxima das 3 mil, segundo dados do Vacinômetro do SUS.

CADASTRAMENTO

Para receber o imunizante é necessário fazer o cadastramento através do aplicativo SASI. A ferramenta segue os parâmetros do PNI e foi planejada para registrar informações sobre a população e facilitar o agendamento das vacinas conforme a faixa etária, comorbidades e grupos prioritários.

Uma vez cadastrado, o usuário será avisado pelo próprio dispositivo e por envio de e-mail ao endereço eletrônico do usuário, sobre o dia, horário e local em que deverá comparecer para ser imunizado.

Para baixar o aplicativo basta acessar os links abaixo conforme sistemas operacionais



Até esta quarta-feira, além de atender o público do aplicativo, a Semusa também está vacinando pessoas por demanda espontânea, mesmo sem o agendamento, mas é necessário levar os documentos que comprovem a comorbidade, entretanto, são aceitos apenas os que foram emitidos a partir de 2019. As declarações de anos anteriores não são válidas para esta finalidade.


Texto: Jefferson Carvalho
Fotos: Saul Ribeiro
Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)
Terceira fase do Plano Nacional de Imunização segue novas orientações do Ministério da Saúde Terceira fase do Plano Nacional de Imunização segue novas orientações do Ministério da Saúde Reviewed by Adm on quinta-feira, maio 13, 2021 Rating: 5

Recent Posts

Recent