Publicidade

Prefeitura regulariza atendimentos na Upa Sul em Porto Velho



A Prefeitura de Porto Velho faz um apelo à população para que siga todas as medidas sanitárias contra a covid-19, como distanciamento social e uso de máscaras. Na noite da última sexta-feira (12), a Unidade de Pronto Atendimento da Zona Sul (Upa/Sul) chegou à capacidade máxima de internação, com 27 pacientes internados, sendo que a estrutura de leitos para estabilização comporta 22.

Segundo a secretaria municipal de Saúde, Eliana Pasini, todos os pacientes que chegam à Upa recebem o primeiro atendimento, realizam exames e são estabilizados para serem colocados na fila da Central de Regulação Estadual para devida transferência e internação quando necessitam de atendimento de média e alta complexidade.

“Conforme o nosso protocolo, quem chega em estado grave e que precisa de internação é estabilizado para que, em até 24h, seja transferido para as unidades de atendimento do Estado. Estamos atendendo no limite e, por isso, fazemos o apelo para que todos colaborarem. Na noite de ontem, chegamos à capacidade máxima mas, em pouco tempo, conseguimos a transferência de 13 pacientes, dois deles para UTI. Hoje a situação está tranquila, o fluxo de pacientes internados foi normalizado e os demais seguem em consulta. Neste momento, por exemplo, estamos trabalhando com a disponibilidade de dez leitos”, disse a secretária, ao lembrar que a central de regulação abrange pacientes de todo o estado.

A secretária da Semusa ainda pede para que apenas pacientes em estado grave busquem o atendimento nas unidades de emergência e que os demais, em estado leve, entrem em contato via call center pelo telefone 0800-6475225, para agendamento de consultas.


Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)