Publicidade

Dono de “bailão” é autuado por permitir aglomeração; mulher “embaça” com policiais e acaba detida



Por volta das 23:00h de sábado, 13, o proprietário do bar “Muralha”, localizado na rua 1707, esquina com a avenida Rondônia, no bairro Jardim Primavera, em Vilhena, foi atuado por descumprir o decreto de enfrentamento à Covid-19, ao permitir a aglomeração de mais de 60 pessoas e por manter as portas abertas após o toque de recolher.

De acordo com o registro do caso, guarnições da Polícia Militar foram ao local, onde também funciona um “bailão” após receberem denúncias de aglomeração e constataram os fatos, autuando o proprietário, porém, ao instruírem os presentes a voltarem para casa, os militares foram confrontados por uma mulher, que se negou a sair do bar e a fornecer seus documentos para identificação.

Diante da recusa, a mulher foi conduzida para a delegacia, onde acabou se identificando e foi autuada por desobediência.


Fonte: Folha do Sul Online