Publicidade

Prefeitura participa de última etapa da operação 3ª Onda



A Vigilância Sanitária Municipal (Semusa), Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz) e Coordenadoria Municipal de Posturas (Semusb) mais uma vez representaram a Prefeitura de Porto Velho na operação 3ª Onda, realizada em parceria com outros órgãos, no combate as aglomerações que contribuem com a disseminação da Covid-19.

A 5ª e última edição da operação nesta fase que aconteceu no último sábado (16), visitou 39 estabelecimentos comerciais, entre restaurantes e bares. Destes, 28 estavam sem funcionamento, um notificado, um interditado e dois autuados. Na sexta, a operação esteve em 41 estabelecimentos.

Segundo o comandante geral do Corpo de Bombeiros de Rondônia, órgão que atua na coordenação da operação, a constância das operações atinge diretamente os estabelecimentos que não estejam atendendo as normas da legislação. O crescimento no número de casos e a imposição do novo decreto, publicado na última sexta-feira (15), forçam o aumento das intervenções dos órgãos fiscalizadores.

Além da Prefeitura e do Corpo de Bombeiros, também participaram da ação nas quatro regiões da cidade, a Polícia Militar, Polícia Civil, Ministério Público do Estado, Agência Estadual de Vigilância em Saúde, Procon/RO e Conselho Tutelar. Com as mudanças no decreto que determina as medidas temporárias de isolamento social, uma nova operação será iniciada pelos órgãos fiscalizadores. A Prefeitura já confirmou participação.

As operações de combate às aglomerações tiveram início no dia 11 de dezembro do ano passado. Somente no ano passado foram 138 estabelecimentos visitados, seis interditados e 42 notificados. A população também pode participar com denúncias pelos telefones 193, 190 e 197.


Superintendência Municipal de Comunicação - SMC