Header Ads

O deputado Adelino Follador (DEM) comemorou a decisão da Justiça Federal no Amazonas que liberou a obra de reconstrução da rodovia BR-319



O deputado Adelino Follador (DEM) comemorou a decisão da Justiça Federal no Amazonas que rejeitou o pedido do Ministério Público Federal (MPF) e liberou a obra de reconstrução da rodovia BR-319, que liga os estados do Amazonas e Rondônia, e que para ele é considerada a redenção social e econômica de toda a Amazônia Ocidental.

A decisão da juíza Maria Pinto Fraxe, da 1ª Vara do Amazonas exarada na última quinta-feira (20), considerou que não há óbice capaz de prejudicar a execução da obra, visto que o projeto já foi licenciado e o edital está pronto para seguir seu andamento. No trecho final da sentença, contrapondo-se ao pedido do MPF, a magistrada afirma: “Indefiro o pedido liminar de suspensão de edital (...) por ter firmado convicção de que até o presente momento, o DNIT está agindo em estrito cumprimento da sentença executada”.

Para Adelino Follador, o entendimento da magistrada, além de se orientar pela legislação, é o mesmo de toda pessoa de bom senso, tendo em vista que se trata apenas da continuidade das obras da rodovia federal, que não enseja aumento de capacidade da via ou ampliação de sua estrutura, de pista de rolamento ou abertura lateral, sem previsão de construção de terceira faixa ou duplicação de trechos, de modo que não justifica qualquer intervenção “legal” indevida, apenas com o interesse puro e simples de prejudicar o edital e o interesse público, do Governo e do Brasil, afirmou.

Desenvolvimento

Follador fez ver que Rondônia e Amazonas nunca mais serão os mesmos em termos de desenvolvimento e progresso, visto que esta obra, especialmente para o Estado de Rondônia, representa o principal impulso para fazer girar a economia baseada na agricultura e pecuária, com a abertura ampliada do mercado interno e externo para a produção local, de todos os bens, especialmente aqueles produzido no eixo da rodovia – soja, milho, arroz, peixe, carne, leite e seus derivados e todo o conjunto da produção da forte agricultura familiar na região que tem capacidade para abastecer completamente a cidade de Manaus.

O deputado disse também que a rodovia será o corredor natural para a produção de grãos, carne e serviços dos estados Rondônia e Mato Grosso que se destinam ao mercado externo e que tem importância fundamental na pauta das exportações rondonienses, e por conseguinte, no reforço dos níveis da economia estadual, que se renova com a retomada da capacidade produtiva desta nova região (BR-319), que apesar de esquecida sempre teve muita importância econômica e social para os dois estados.

Confiante de que nada mais há de prejudicar a obra, Follador classificou o projeto da BR-319 como a redenção do povo e da economia local. Destacando que conhece bem a região, ele lembrou quão difícil sempre foi a vida dos produtores rurais e das comunidades instaladas ao longo da rodovia federal, para afirmar que a reconstrução da estrada é um prêmio à obstinação e bravura de tantos que trabalham, produzem e acreditam que vai melhorar.

O parlamentar disse que a importância da recuperação da rodovia não se resume à abertura de novo corredor de exportação de bens e serviços. “Além de sua importância econômica para a região, a BR-319 é fundamental para o transporte de pessoas e para a integração social dos estados de Rondônia e Amazonas”, resumiu Adelino Follador.




Fonte: ALE/RO/Foto: Marcos Figueira-ALE/RO
O deputado Adelino Follador (DEM) comemorou a decisão da Justiça Federal no Amazonas que liberou a obra de reconstrução da rodovia BR-319 O deputado Adelino Follador (DEM) comemorou a decisão da Justiça Federal no Amazonas que liberou a obra de reconstrução da rodovia BR-319 Reviewed by Adm on segunda-feira, agosto 24, 2020 Rating: 5

Nenhum comentário

Recent Posts

Recent