]

Header Ads

Ministros de Bolsonaro dão versões diferentes sobre reunião que articulou golpe de Estado em maio



Os ministros de Jair Bolsonaro deram versões divergentes sobre a reunião entre o presidente e a cúpula das Forças Armadas em 2 de maio, às vésperas da participação de Bolsonaro em ato antidemocrático. Segundo reportagem da revista Piauí, o tema do encontro foi a articulação de golpe do Estado com fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF) pelas Forças Armadas.

A coluna Painel da Folha de S.Paulo informa que houve pelo menos três versões diferentes sobre a reunião, em resposta a um pedido de esclarecimentos do deputado Ivan Valente (PSOL) com base na Lei de Acesso à Informação.

Todas as respostas dos participantes foram convergentes apenas em um aspecto: não houve convite formal (apenas verbal) nem ata do encontro.

Veja as diferentes versões, que indicam claramente que as versões sobre a reunião são mentirosas e buscam esconder seu real objetivo:.

1. A versão que parece ser mais próxima do que de fato aconteceu foi a do general Braga Netto, ministro-chefe da Casa Civil, coincidente com a de Pedro Cesar Nunes Ferreira, do gabinete pessoal de Bolsonaro. Ambos responderam que o encontro tratou de "assuntos institucionais afetos às atribuições dos órgãos ali representados".

2. O general Fernando Azevedo, ministro da Defesa, disse que foram discutidos "aspectos relacionados ao enfrentamento da Covid-19".

3. O general Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional, afirmou que foi discutida "a participação das Forças Armadas no combate ao desmatamento da Amazônia".

No dia seguinte à reunião, em 3 de maio, domingo Bolsonaro discursou a manifestantes de extrema-direita em frente ao quartel-general do Exército e disse que não teria mais diálogo com o Supremo. Ele mostrava irritação com a decisão do ministro do STF Alexandre de Moraes de barrar a nomeação de Alexandre Ramagem, amigo de seus filhos, para a Direção-Geral da Polícia Federal.



Fonte: Brasil 247/(Foto: Valdenio Vieira/PR | STF | Najara Araujo/Câmara dos Deputados)
Ministros de Bolsonaro dão versões diferentes sobre reunião que articulou golpe de Estado em maio Ministros de Bolsonaro dão versões diferentes sobre reunião que articulou golpe de Estado em maio Reviewed by Admim on segunda-feira, agosto 10, 2020 Rating: 5

Nenhum comentário

Recent Posts

Recent