]

Header Ads

As perguntas mais comuns em entrevista de emprego



Perguntas mais comuns em entrevista de emprego

A seguir, confira algumas das questões mais frequentes em entrevistas e reflita sobre suas experiências e competências. Assim, você poderá formular as melhores respostas para cada uma delas.

1. “Quais são os seus pontos fortes?”
Intenção da pergunta:

Geralmente, aqui o recrutador quer saber se você tem autoconhecimento e de que forma suas competências podem ajudar a empresa.
Como responder:

A ideia é falar sobre as suas potencialidades que, de fato, agreguem para a empresa. Portanto, privilegie as competências que têm maior relação com a vaga e fale sobre elas honestamente. Por exemplo, se você está disputando uma vaga de desenvolvedor, vale reforçar as linguagens que você mais domina e destacar aquelas que constam como requisitos na descrição.

Além disso, é importante ressaltar suas soft skills que mais contribuem com as atividades da função, como a facilidade de comunicação, espírito de equipe e flexibilidade. 

2. “Quais são os seus pontos fracos?”
Intenção da pergunta:

Também uma das perguntas mais comuns em uma entrevista de emprego, esse questionamento costuma gerar ansiedade antes de falar com o recrutador. Na verdade, ele quer saber se você tem autocrítica e de que forma lida com suas vulnerabilidades  — e se tenta corrigi-las.
Como responder:

A honestidade também deve prevalecer aqui, além de fugir do lugar comum, como “Sou perfeccionista” ou “Sou workaholic”. O ideal é mencionar pontos fracos nos quais você está trabalhando de alguma forma. Por exemplo, se você tem dificuldade com organização, mostre quais métodos utiliza para manter os compromissos e tarefas em dia. 

3. “Por que você saiu do emprego anterior?” / “Por que quer sair do seu emprego atual?”
Intenção da pergunta:

Esse questionamento serve para o recrutador conhecer o seu perfil e até mesmo observar de que maneira você fala de empresas nas quais já trabalhou.
Como responder:

Jamais fale mal de um antigo empreendedor ou empresa, pois isso é visto como falta de profissionalismo. Você pode usar alguns recursos nessa hora: dizer que não havia alinhamento de valores com a organização, que não havia oportunidades de crescimento ou que está em busca de uma recolocação profissional, por exemplo.

Se pra você, o ideal é mesmo mudar de emprego, e você só não sabe como, a gente montou um teste vocacional para ajudar nessa tarefa. Curtiu? Então, clica aqui embaixo!

4. “Onde você se enxerga daqui a cinco anos?”
Intenção da pergunta:

O recrutador quer saber se você tem ambições, se consegue projetar expectativas e planos de ação, e quais são as suas perspectivas de crescimento profissional.
Como responder:

Tenha uma resposta que apresente metas realistas, possíveis de serem concretizadas. De preferência, alinhe a sua resposta conforme as possibilidades que a própria empresa oferece caso você obtenha a vaga.

Por exemplo, se a entrevista é para uma vaga de analista de marketing, você pode se basear no plano de carreira da empresa para comentar sobre as posições que almeja.

Nesse caso, você pode aspirar ao cargo de gerente de marketing, especialista em marketing digital ou até mesmo Chief Marketing Officer (CMO). Ao mostrar sua vontade de crescer e conhecimento sobre os caminhos possíveis, você já ganha muitos pontos com o recrutador.

Mas se você acha que precisa aprimorar mais as suas competências técnicas, vale a pena pensar o que é preciso fazer para isso. É normal se sentir um pouco perdido, por isso, converse com amigos, especialistas da área ou até mesmo com o seu chefe: ele pode te orientar naquilo o que é importante ser desenvolvido para a sua carreira.

E engana-se quem pensa que é preciso dedicar muito tempo para se atualizar. São muitas as opções: workshop, participação de eventos, cursos de extensão e até uma Pós-Graduação. Quer saber mais sobre as diferenças entre um MBA e a especialização? É só baixar o ebook aqui embaixo!

5. “Você tem alguma pergunta para mim?”
Intenção da pergunta:

Geralmente, é o tipo de pergunta que avalia a proatividade e interesse do candidato.
Como responder:

A resposta ideal é nunca dizer que não há perguntas. Demonstre interesse e proatividade nessa hora. Você pode, por exemplo, questionar sobre as perspectivas de crescimento da vaga para a qual está concorrendo, ou quais são os resultados esperados pela empresa nos primeiros meses de atuação.
6. “O que você faz para aprimorar os seus conhecimentos técnicos na área?”
Intenção da pergunta:

O objetivo é saber se está se atualizando e se encara conhecimento como um investimento em si próprio.
Como responder:

Aqui vale resgatar participação em cursos, congressos e seminários, leituras referentes à área e até mesmo projetos que esteja desenvolvendo. Quanto mais atuais forem esses elementos, melhor.
7. “Qual foi a sua maior conquista profissional até hoje?”

Intenção da pergunta:

Verificar se você conquistou resultados, indo além das qualificações presentes no currículo.
Como responder:

Uma boa opção é usar o método STAR (situação – tarefa – ação – resultado), mencionando exemplos práticos de como você converteu uma situação específica em resultados positivos.

Para isso, basta contar sua história com base no roteiro abaixo:
Situação: descreva a situação em que você estava (o que, onde e quando). Ex.: na época em que eu trabalhava como analista de BI na empresa X e estava completando meu primeiro ano na empresa
Tarefa: conte qual foi o desafio enfrentado ou tarefa a ser cumprida. Ex: tive que reestruturar a plataforma de Business Intelligence da empresa do zero.
Ação: descreva em detalhes como resolveu o problema e cumpriu a tarefa. Ex.: tive a ideia de implementar uma solução SaaS com análise de dados avançada e assumi o projeto
Resultado: mostre quais foram os resultados do seu trabalho e por que você considera esse exemplo um case de sucesso. Ex.: com o software em nuvem, conseguimos reduzir nossos custos operacionais e ter acesso a insights inéditos.

8. “Qual é a conduta que mais desagrada em colegas e superiores no ambiente de trabalho?”
Intenção da pergunta:

Essa pergunta analisa quais são os valores do candidato para identificar se estão alinhados com os valores da organização.
Como responder

Não fale mal de um antigo colega de trabalho ou líder, mesmo que ele tenha adotado uma postura errada com você. O melhor é generalizar nesse momento, mencionando o aspecto que mais o desagrada sem mencionar nomes ou se estender muito na resposta. Por exemplo: falta de respeito, competitividade exacerbada ou falta de ética com os colegas.

9. “Qual é sua pretensão salarial?”
Intenção da pergunta:

Saber se existe compatibilidade entre a sua pretensão e o que a empresa pode oferecer.
Como responder:

Mencione a faixa salarial pretendida, mas que esteja dentro da realidade do mercado. Também dá para mencionar que você está com a mente aberta para propostas. O ideal é pesquisar sobre os salários médios da vaga antes da entrevista.
10. “O que você sabe sobre a empresa?”
Intenção da pergunta:

Saber o quanto você se importa com a vaga em questão.
Como responder:

Não custa nada pesquisar sobre a empresa antes de ir para a entrevista de emprego, não é mesmo? A resposta ideal é aquela em que você fala sobre a empresa com propriedade, mencionando missão e valores, métodos de trabalho ou resultados alcançados no mercado, por exemplo. 

11. “Você está participando de processos de seleção em outras empresas?”
Intenção da pergunta:

Analisar o quanto o candidato está interessado em conquistar uma vaga na área.
Como responder:

Por ser uma pergunta delicada, você deve ser honesto sem comprometer sua reputação com o recrutador. Caso esteja participando de outros processos, você pode até mencionar que está analisando oportunidades, mas dê um peso maior para o seu interesse na vaga. Aproveite esse momento para reforçar o quanto você se identificou com a empresa, ao invés de focar em outros processos seletivos. 

12. “Como você lida com estresse e trabalho sob pressão?”
Intenção da pergunta

Justamente compreender como você age em situações estressantes.
Como responder

Em um artigo para a revista The Balance, a especialista em busca de emprego Alison Doyle aconselha evitar o argumento de que você nunca ou raramente vivencia o estresse. “Em vez disso, formule sua resposta de um jeito que reconheça o estresse no ambiente de trabalho e explique como você o superou”, orienta. 

13. “O que motiva você?”
Intenção da pergunta:

Identificar se a sua fonte de motivação está alinhada com o cargo em questão.
Como responder:

Seja verdadeiro, demonstrando suas motivações de forma específica e, de preferência, utilizando exemplos reais. Por exemplo, se a vaga é para diretor de arte, você pode citar a criatividade como força motriz da sua vida, mencionando momentos de inspiração com livros, filmes e obras em geral.

14. “Qual é a decisão mais difícil que você tomou recentemente?”
Intenção da pergunta:

Investigar a sua capacidade de resolução de problemas, julgamento e tolerância a riscos.
Como responder:

Em artigo para a revista Inc, o palestrante Jeff Haden explica que uma resposta excelente é aquela que prova que você sabe tomar uma decisão interpessoal difícil, ou melhor ainda, uma decisão interpessoal baseada em dados. 
 
15. “O que você gosta de fazer no seu tempo livre?”
Intenção da pergunta:

Segundo Haden, esse tipo de pergunta tem como objetivo saber se existe alinhamento cultural entre o candidato e a empresa.
Como responder:

O autor aconselha a não mentir ou alegar que gosta de uma atividade da qual, na verdade, não gosta. “Foque em atividades que indicam algum tipo de crescimento: habilidades que você está tentando aprender, metas que você está tentando realizar”, pontua.
Prepare-se para as perguntas da entrevista de emprego


Antes de chegar a um processo de você precisa se preparar de verdade para uma entrevista. Ainda tem dúvidas? Temos um vídeo no canal do Descomplica Pós-Graduação em que a especialista da Revelo Ana Neri e o professor Gilberto Guimarães falaram mais sobre como manda bem em processos seletivos.

As perguntas mais comuns em entrevista de emprego As perguntas mais comuns em entrevista de emprego Reviewed by Voz de Rondônia on quinta-feira, agosto 13, 2020 Rating: 5

Nenhum comentário

Recent Posts

Recent